Gestor de tráfego pode ser MEI?

Gestor de tráfego pode ser MEI?

Embora pareça um trabalho relativamente novo, a profissão de gestor de tráfego é uma das que mais crescem no mercado digital.

Isso é muito devido à popularização dos lançamentos e de alguns gestores que saíram dos bastidores e começaram a aparecer e ensinar como fazer a gestão de tráfego nas redes sociais e no Google.

Esses gestores que trabalham em projetos de grandes players, mostraram ao mercado que um bom gestor de tráfego pode ganhar muito dinheiro, e claro, isso fez com que muitas pessoas decidissem tomar esse caminho no mercado digital.

Com a popularização e crescimento dessa atividade, surgiram também algumas dúvidas sobre a profissionalização de profissionais e empresas de gestão de tráfego, a principal delas é como regularizar o negócio.

Se você é gestor de tráfego e quer se regularizar, leia esse artigo até o final, pois vamos tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto.

 

Regularização da atividade de Gestor de Tráfego

Embora a Receita ainda não tenha definido o CNAE específico para gestor de tráfego (diferente de outras funções no mercado digital como os afiliados), é possível sim regularizar o seu negócio.

Através de uma composição de CNAEs nós da Acountech garantimos a atividade de gestor de tráfego sem nenhum risco de que nossos clientes tenham problemas com o fisco.

Esta composição é fruto de muito estudo e interpretação das atividades de um gestor e das atividades inclusas em cada CNAE. Nós somos uma empresa de contabilidade especializada no mercado digital, conhecemos o mercado e suas atividades, por isso nossos clientes trabalham tranquilos.

Quando falamos em regularização, temos algumas dúvidas que são bastante frequentes: “gestor de tráfego pode trabalhar como pessoa física?”, “como abrir empresa?” ou “eu posso ser MEI?”, vamos responder a cada uma dessas perguntas agora.

Muitos gestores de tráfego começam a trabalhar como pessoa física para fugir da abertura de empresa ou para testar a atividade e mercado. Mas se você deseja crescer, trabalhar como pessoa física não compensa.

O imposto para pessoa física é muito alto, você poderá chegar a pagar 27,5% de imposto de renda. Já com um CNPJ, você poderá escolher uma carga tributária condizente com o seu faturamento e ter mais previsibilidade, além de poder emitir notas fiscais e se tiver uma contabilidade completa pode distribuir os lucros com isenção.

Por isso, o que recomendamos é que você abra uma empresa para ter mais possibilidade de crescimento, profissionalizar o seu negócio e pagar uma taxa de tributação adequada.

 

Gestor de tráfego pode ser MEI?

Para nós da Acountech, após uma avaliação e estudo dos CNAES existentes o gestor de tráfego pode sim ser MEI utilizando como CNAE principal o 5819-1/00 Edição de cadastros, listas e de outros produtos gráficos e como CNAE secundário o 7319-0/02 Promoção de vendas.

Isso porquê consta no site do CONCLA a seguinte informação a respeito do CNAE 5819-1/00 Edição de cadastros, listas e de outros produtos gráficos:

“Esta subclasse compreende também:

– a edição de estatísticas e de outras informações para divulgação na internet”.

Então interpretamos que sim é possível o gestor iniciar como MEI, porém o limite de faturamento do MEI pode ser uma limitação para o crescimento do seu negócio.

Se você quer trabalhar como gestor de tráfego como MEI, você só poderá faturar até R$81 mil anuais, ou R$6.750,00 mensais (o senado já aprovou o aumento de limite de faturamento do MEI para R$130 mil anual, porém o projeto ainda passará por votação na câmara dos deputados).

Para quem está começando pode ser suficiente, porém quando você começar a escalar esse “teto” pode ser muito baixo.

Por isso, nossa recomendação é: se você está começando, você pode se manter como MEI. Isso já vai ser um passo para a profissionalização do seu negócio e você já vai poder ter uma contabilidade completa.

Mas se você já é gestor de tráfego, já tem um bom faturamento e está crescendo, sugerimos que você faça uma composição maior de CNAEs e passando sua empresa para ME, no Simples Nacional. Assim você terá uma carga tributária inicial de 6% para um faturamento mensal de até R$15.000,00 (caso você tenha uma agência de gestão de tráfego, o imposto inicial será de 15,5%, porém, dependendo do valor da sua folha de pagamento o imposto poderá ser inicialmente de 6%).

A composição que utilizamos para nossos clientes (além dos CNAEs de MEI que já mencionamos anteriormente) abrange:

  • 7319-0/04 – Consultoria em publicidade
  • 6319-4/00 – Portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação na internet
  • 7319-0/03 – Marketing direto

Com esta composição de CNAEs você estará pronto para prestar seus serviços e até mesmo poderá abrir uma agência de gestão de tráfego, poderá aumentar sua receita e prever suas despesas com impostos.

Você pode clicar aqui para ter nossa ajuda no cálculo da porcentagem correta do seu negócio.

Leia também nosso artigo completo sobre abertura de empresa para gestor de tráfegoclicando aqui.

 

Contabilidade para Gestor de Tráfego

Ter uma contabilidade completa é muito importante, mesmo que você comece como MEI, sabia?

Embora o MEI não seja obrigado a ter contabilidade, nossa legislação fala que para distribuir o lucro com isenção você precisa ter uma contabilidade completa, caso contrário terá que pagar imposto na distribuição de lucro.

Um exemplo: suponhamos que você emitiu R$6.000,00 em notas fiscais no mês. Sem um contador, apenas R$1.920,00 estarão isentos de tributos. Em cima dos outros R$4.080,00pode incidir um imposto de até 27,5%.

Então fique ligado(a). Não é obrigatório ter uma contabilidade como MEI, nem um CNPJ para poder atuar na gestão de tráfego, mas, pode valer mais à pena, dependendo do seu faturamento mensal.

Caso você opte por abrir ou regularizar sua empresa já como ME, você obrigatoriamente terá que contar com o apoio de um escritório de contabilidade.

 

Trabalhe com segurança

Se você chegou a este artigo, suponho que você está procurando fazer a coisa certa e minimizar as preocupações com assuntos burocráticos para focar no que você faz de melhor, certo?

Neste artigo nós te mostramos os caminhos para você regularizar seu negócio como gestor de tráfego. A Acountech nasceu no ambiente digital, e nossa missão é ajudar o máximo de profissionais do mercado digital a terem seus negócios regularizados e financeiramente saudáveis, você pode contar conosco.

Nós somos uma empresa de contabilidade especializada no mercado digital, e oferecemos aos nossos clientes uma série de benefícios como sede virtual gratuita, atendimento 100% humanizado (sem tickets e robôs) pelo WhatsApp e vídeo conferência.

Nós cuidamos de toda a parte burocrática do seu negócio: questões trabalhistas, controle e organização das declarações fiscais, capital de giro, fluxo de caixa, etc. Sempre fornecendo relatórios simples que você consegue entender mesmo não sendo contabilista ou não tendo conhecimento específico na área.

Além disso, nosso sistema de gestão conta com parceiros estratégicos que facilitarão a gestão e fortalecerão o seu negócio, como por exemplo: Conta Azul, Notazz, Remessa Online, Banco Coraentre outros.

Ficou com alguma dúvida sobre o artigo ou nossos serviços? Entre em contato! Fale com um de nossos especialistas e tire todas as suas dúvidas com nosso apoio!

Seu negócio é digital. Por que sua contabilidade deveria ser diferente?

Compartilhe

Acountech
Acountech

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + quinze =

Entre para o nosso canal do Telegram

Clique no botão abaixo e acompanhe nossos conteúdos no Telegram

Artigos recentes

atendimento

Preencha o formulário e seja atendido agora por um especialista

AO CLICAR EM “IR PARA O WHATSAPP” VOCÊ CONCORDA COM A POLÍTICA DE PRIVACIDADE DA ACOUNTECH.

Copy link
Powered by Social Snap