Ultrapassei o limite de faturamento do MEI: o que fazer?

Ultrapassei o limite de faturamento do MEI. O que fazer?

O MEI nasceu como uma solução para a regularização de negócios de milhões de brasileiros que trabalhavam como autônomos prestando serviços ou mesmo em pequenos comércios em que trabalhavam sozinhos ou com um membro da família.

Desde a sua criação, o crescimento no cadastro de microempreendedores individuais é exponencial, muito devido aos benefícios que o MEI pode usufruir. Porém, existe um limite de faturamento anual para que o negócio se mantenha enquadrado no MEI, e esse limite pode ser facilmente superado quando tratamos de negócios digitais.

Quando isso acontece, geralmente os MEIs não sabem o que fazer para manter seus negócios regularizados. É isso o que vamos explicar com detalhes neste artigo.

Se você é um MEI e ultrapassou ou está perto de ultrapassar o limite de faturamento e precisa saber o que acontece com seu negócio e como deve agir, fique conosco e tire todas as suas dúvidas!

 

O que é o MEI?

De forma geral, qualquer pessoa maior de 18 anos de idade que exerça pelo menos uma das atividades permitidas, fature até R$81 mil por ano e não possua ou participe de outra empresa como sócio ou administrador, pode ser MEI.

A formalização do negócio através do MEI é feita de forma muito simples e rápida (basta acessar o site do portal do empreendedor e seguir o passo a passo) e traz uma série de benefícios e vantagens: além de receber um CNPJ, você tem acesso a benefícios previdenciários como aposentadoria, auxílio doença e salário-maternidade, pode emitir nota fiscal, ter acesso a linhas de crédito em bancos, entre outros.

Além disso, o MEI também tem uma vantagem fiscal: um sistema tributário simples cuja carga tributária não se altera com o volume de vendas.

O MEI traz várias simplificações para a abertura e manutenção de uma empresa, em troca de poucas exigências que o empreendedor precisa cumprir.

Se quiser entender tudo sobre MEI em detalhes, acesse nosso artigo completo sobre o assunto clicando aqui.

 

O MEI no mercado digital

Devido à facilidade e os benefícios, é grande o número de empreendedores e prestadores de serviço no mercado digital que aderem ao MEI. E isso é perfeitamente possível em alguns casos.

Existem atividades permitidas no MEI que permitem a profissionais do mercado digital – sobretudo os que atuam como prestadores de serviço, autônomos e freelancers – abrirem suas empresas e regularizarem seus negócios.

É comum que copywriters, infoprodutores, coprodutores, gestores de tráfego, redatores e social mídias atuem como MEI, porém o mercado digital tem muitas peculiaridades e pouca legislação ainda, por isso é importante que você conte com a ajuda de um profissional de contabilidade para analisar seu negócio e ajudá-lo a enquadrar sua empresa corretamente, assim você não corre riscos com a Receita Federal.

 

Limite de faturamento do MEI

Como falado anteriormente, o limite de faturamento anual do MEI é de R$81 mil, ou R$6.750,00 mensais.

Ao ultrapassar esse limite, você deixa de ser MEI e passa a se enquadrar como ME, isso ocasiona mudanças tributárias, fiscais e legislativas às quais você terá que adequar o seu negócio.

Um ponto importante explicar pra você é que nem todo MEI pode faturar os R$81 mil no ano. Se você se tornou MEI no mês de junho, por exemplo, você terá o faturamento proporcional ao número de meses do ano corrente. Ou seja, você teria como limite de faturamento neste ano R$40,5 mil.

Logo se você ultrapassar esse valor dentro do ano, será desenquadrado do MEI. É importante entender que o limite de faturamento sempre é proporcional à data de abertura da empresa.

 

O que fazer ao ultrapassar o limite de faturamento do MEI

Em caso de você ultrapassar o seu limite de faturamento, não se desespere! No mercado digital essa é uma situação comum e existe um processo para manter seu negócio regularizado até você fazer o desenquadramento do MEI.

Para entender o processo, você precisa saber quanto você excedeu do limite, pois existem duas formas de lidar com a situação. Pegue a calculadora e veja em qual das situações abaixo você se encontra.

Limite de faturamento do MEI excedido em até 20%

Neste caso, você será desenquadrado do regime MEI e se tornará ME (microempresa).

Você continua emitindo a sua DAS normalmente até dezembro do ano em exercício e em janeiro do ano seguinte você vai emitir uma DAS complementar com a incidências de uma taxa extra sobre o valor excedido do limite de faturamento no ano anterior. Depois disso, você passará a recolher seus tributos como microempresa.

Um exemplo: suponha que você abriu seu MEI no início do ano passado, logo poderia ter faturado R$81 mil em 2021. Só que você faturou R$95,3 mil. Neste caso você excedeu o limite de faturamento, mas não excedeu a “tolerância” de 20% seu faturamento (que seria R$97,2 mil). Você vai continuar pagando sua DAS como MEI normalmente e em Janeiro de 2022, deve pagar a DAS complementar com a incidência da taxa sobre os R$16,2 mil. Após pagar essa DAS complementar, você deve fazer o desenquadramento do MEI e se enquadrar como ME a partir de Janeiro de 2022.

Limite de faturamento do MEI excedido acima de 20%

Nesta situação, o desenquadramento do MEI ocorre no mesmo ano em que o limite foi excedido. Por isso, caso você perceba que seu faturamento ultrapassou o teto do MEI e também a “tolerância” de 20%, você deve informar que ultrapassou o limite de faturamento de imediato e solicitar o enquadramento como ME se seu faturamento for até R$360 mil anuais ou como EPP (empresa de pequeno porte) caso seu faturamento seja de até R$4,8 milhões.

Você não pode permanecer trabalhando como MEI, busque logo regularizar a situação tributária da sua empresa seguindo o processo descrito acima. Ao se enquadrar no novo regime tributário os impostos serão cobrados de forma retroativa na tributação do Simples Nacional desde janeiro do ano corrente ou a data de abertura da empresa (caso você ultrapasse o limite no ano de abertura da empresa) com acréscimo de juros e multas.

Um exemplo: suponha que você é MEI a 6 meses, logo seu faturamento tem o limite de R$40,5 mil anuais. Só que você faturou R$60 mil. Neste caso você excedeu em mais de 20% seu faturamento (que seria R$40,5 mil + 20% = R$48,6 mil). Sua empresa irá pagar os impostos retroagindo desde a data de abertura como ME do simples nacional. Por isso que ao constatar o ocorrido, informe logo que excedeu o faturamento e já solicite o enquadramento como ME.

 

Desenquadramento do MEI para ME

Entendida a situação de sua empresa e como prosseguir com o desenquadramento, você deve solicitá-lo até o último dia útil do mês posterior ao mês em que ocorreu o excesso do faturamento.

Se valor excedido do limite for menor que os 20% da tolerância, os efeitos do desenquadramento serão produzidos a partir de 1º de Janeiro do ano seguinte. Caso o excesso seja acima dos 20%, os efeitos são retroativos a 1º de Janeiro do ano em que aconteceu o excesso.

Para fazer o desenquadramento você deve acessar o Portal do Simples Nacional e utilizar o serviço de “desenquadramento do SIMEI” seguindo p passo a passo que será mostrado.

Se você precisa fazer esse processo, neste artigo você encontra todos os detalhes e o que precisa fazer para migrar de MEI para ME.

 

Contabilidade para MEI

Manter seu negócio organizado, com todas as informações claras e todas as questões contábeis em dia nem sempre é tão fácil.

Mas você não precisa fazer tudo isso sozinho. A Acountech está aqui pra ajudar você. Somos uma empresa de contabilidade especializada em negócios digitais. Ajudamos nossos clientes desde a criação da empresa até a tomada de decisões estratégicas para o crescimento sólido do negócio.

Se está na hora de sair do MEI e expandir seu negócio, nós certamente podemos te ajudar. Entre em contato e vamos juntos encontrar o melhor caminho para o crescimento seguro do seu negócio!

Compartilhe

Acountech
Acountech

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 19 =

Entre para o nosso canal do Telegram

Clique no botão abaixo e acompanhe nossos conteúdos no Telegram

Artigos recentes

atendimento

Preencha o formulário e seja atendido agora por um especialista

AO CLICAR EM “IR PARA O WHATSAPP” VOCÊ CONCORDA COM A POLÍTICA DE PRIVACIDADE DA ACOUNTECH.

Copy link
Powered by Social Snap