Como abrir uma empresa de Social Media?

Abrir empresa Social Media

Todo profissional ou empresa que quer ter uma presença forte na internet, ou seja, já sabe que precisa estar nas redes sociais e fazer um bom trabalho de Social Media.

Não existe uma estratégia de Marketing Digital, que não envolva pelo menos uma rede social. Afinal é nesses canais de relacionamento entre pessoas e marcas, que nós passamos cada vez mais tempo do nosso dia, não é?

Diante desse cenário, “nasceu” a profissão de social media, que são os profissionais responsáveis pelas atividades de marcas, empresas e até mesmo de outras pessoas nas redes sociais.

O que muitas pessoas não sabem, é que é possível profissionalizar um negócio como social media abrindo uma empresa como prestador de serviço ou mesmo uma agência especializada nesse mercado.

Por isso, se você é social media e quer saber como se profissionalizar para expandir seu negócio ou se está começando a atuar nesse mercado e quer entender melhor, este artigo foi preparado pra você!

 

O que é um Social Media?

O profissional de social media (também conhecido como analista de redes sociais) é basicamente o profissional que gerencia as contas de pessoas públicas, influencers, empresas ou mesmo projetos pessoais nas redes sociais.

É responsabilidade do social media planejar, criar e distribuir conteúdo nas redes sociais além de interagir com o público, monitorar e analisar as redes sociais com as quais trabalha.

As redes sociais são canais de comunicação por onde as empresas entregam conteúdo e se relacionam com seu público. O social media é a pessoa que faz essa conexão entre público e empresa acontecer da melhor forma possível.

 

Qual é a rotina de um Social Media?

Por ser uma atividade muito ligada aos posts nas redes sociais, muitas pessoas pensam que ser social media é “só postar”. Porém, fazer publicações é apenas uma parte do trabalho de um social media.

Parte importante da rotina de um social media é a atualização constante em relação ao mercado, às mudanças que acontecem nas redes sociais e à descoberta de ferramentas, tendências e padrões para atualizar suas estratégias.

Essa atualização constante é imprescindível para que o conteúdo se mantenha sempre relevante para o público e o perfil mantenha sempre bons níveis de engajamento.

Pra te ajudar a compreender na prática o trabalho de um social media, listamos as principais tarefas que compõem a rotina deste profissional.

 

Planejamento

Este é o momento em que o profissional analisa o cliente e o mercado para reconhecer tendências, padrões de comportamento, quem é o público-alvo da empresa e como esse público se relaciona com as empresas do segmento nas redes sociais.

A partir dos dados e informações recolhidos dessa análise, é hora de planejar ações de comunicação e marketing, branding, os conteúdos que serão produzidos e as diretrizes que serão seguidas de acordo com cada uma das redes sociais.

 

Produção de Conteúdo

Sabendo quem é a marca, como ela quer ser vista, quem é o público e como se comunicar com ele, é hora de colocar em prática as estratégias planejadas anteriormente.

Aqui o social media vai produzir as peças de conteúdo de acordo com cada objetivo da marca, aplicando estratégias ligadas a áreas como branding e inbound marketing para garantir o máximo de alinhamento entre o desejo da marca e as necessidades da audiência.

 

Monitoramento

Peter Drucker nos ensina que “o que pode ser medido, pode ser melhorado”. Por isso, o social media está sempre “medindo” o desempenho das ações do perfil nas redes sociais.

Esse monitoramento ajuda a entender – baseado nas métricas importantes para o negócio – o que está funcionando e o que precisa ser melhorado.

Os números e demais dados presentes no relatório, irão ajudar o social media e a empresa a mensurar, analisar e compilar essas informações para encontrarem oportunidades e fraquezas da marca nas redes sociais.

 

Relacionamento com o Público

Com a popularização em massa das redes sociais, o relacionamento com o público mudou muito. Hoje em dia as redes sociais são os principais canais de atendimento e relacionamento entre as empresas e o público.

Aqui está um cuidado importante: respostas aos comentários e às mensagens diretas são pontos de contato muito comuns para tirar dúvidas e dar feedbacks.

Tenho certeza que você já viu situações incríveis (boas e ruins) envolvendo comentários de pessoas em perfis de marcas nas redes sociais, não é?

 

Abertura de empresa para Social Media

Quando você faz um bom trabalho como social media, não é difícil crescer no mercado e alcançar mais clientes, mais trabalho e mais dinheiro. E nesse momento, é preciso considerar a possibilidade de profissionalizar seu negócio para poder expandir.

A abertura de uma empresa pode trazer uma série de benefícios que vão desde a diminuição na tributação de impostos até a emissão de notas fiscais e possibilidade de contratar outras pessoas com skills importantes para a sua equipe.

Nessa hora, os profissionais que não tem conhecimento sobre como abrir uma empresa podem ficar “com um pé atrás”. Por isso, vamos esclarecer os principais pontos sobre esse assunto para você.

 

Pessoa Física

Uma pergunta muito comum é se é possível atuar como social media e se manter como pessoa física. A resposta é que sim, é possível, mas se você já tem alguns clientes, normalmente não é o melhor.

Como pessoa física, quando a sua receita ultrapassar R$1.903,00 você vai estar pagando 7,5% de imposto de renda e essa porcentagem, de acordo com o seu faturamento, pode chegar a 27,5%.

Se você está no início, esse pode ser um caminho pra você sentir o trabalho, o mercado e conseguir seus primeiros clientes. Mas é preciso se atentar ao crescimento do faturamento se não quiser pagar mais impostos que o necessário.

 

Pessoa Jurídica

O ideal para você que quer regularizar 100% seu negócio é abrir uma Micro Empresa (ME) no Simples Nacional. Desta forma, você terá uma carga tributária inicial de 6% ou 15,5% para um faturamento de até R$15.000,00 mensal.

A depender das atividades que você vai executar como social media, você vai definir os CNAEs para sua empresa. Como não existe um CNAE específico para a atividade de social media, normalmente utilizamos CNAEs que representam com o máximo de proximidade as atividades exercidas.

  • 7319-0/03 Marketing direto
  • 7410-2/99 Atividades de design não especificadas anteriormente
  • 7319-0/02 Promoção de vendas
  • 7319-0/04 Consultoria em publicidade
  • 73.11-4-00 – Agências de publicidade

Como falamos anteriormente, a escolha dos CNAEs é diretamente ligada às atividades que você desempenha, e a partir dos CNAEs você terá uma carga tributária inicial naquela faixa que falamos de 6% ou 15,5%.

Se você quiser saber a porcentagem correta para sua empresa, clique aqui e converse gratuitamente e sem compromisso com um de nossos especialistas e nós fazemos o cálculo pra você!

 

Social Media pode ser MEI?

Sei que você deve ter se perguntado “e eu posso abrir um MEI como social media?”, né?

A reposta é que não, não pode. O MEI é um programa específico que abrange apenas algumas atividades, e a atividade de social media não está incluída no programa.

Talvez você conheça alguém que “deu um jeitinho” e atua como MEI, mas além de não ser o ideal, ser passível de multa e problemas com o fisco, você só pode faturar R$6.750,00 por mês ou R$81.000,00 por ano, o que de acordo com a nossa experiência acompanhando profissionais de social media, ainda é uma média de faturamento baixa.

 

Contabilidade para Social Media

Todos esses pormenores para a formalização, organização financeira e gestão de um negócio requerem tempo e energia.

Se você chegou nesse artigo, é provável que esteja querendo formalizar o seu negócio para crescer ainda mais, e nisso nós podemos te ajudar.

Nós da Acountech somos especialistas em atender profissionais e empresas do mercado digital, como você. Nós cuidamos de toda essa parte burocrática do seu negócio para que você possa se dedicar com segurança e tranquilidade àquilo que você tem expertise.

Para facilitar a vida de profissionais como social media, gestores de tráfego e afins, nós ainda oferecemos gratuitamente nossa sede virtual para você abrir seu negócio com ainda menos burocracia.

Assim, se você está considerando abrir sua empresa, conheça a nossa empresa. Se o seu negócio é digital, porque sua contabilidade deveria ser diferente? Entre em contato conosco, será um prazer conhecer seu negócio!

 

Compartilhe

Acountech
Acountech

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

Entre para o nosso canal do Telegram

Clique no botão abaixo e acompanhe nossos conteúdos no Telegram

Artigos recentes

atendimento

Preencha o formulário e seja atendido agora por um especialista

AO CLICAR EM “IR PARA O WHATSAPP” VOCÊ CONCORDA COM A POLÍTICA DE PRIVACIDADE DA ACOUNTECH.

Copy link
Powered by Social Snap